Menu

Vereadores de Assis Brasil

Publicidade

quarta-feira, 10 de maio de 2017

CONFIRA AS PAUTAS DA 11ª SESSÃO ORDINÁRIA DO LEGISLATIVO DE ASSIS BRASIL


1 - Antônio camelo (PP)
Na tribuna falou sobre ter ajudado a solucionar o problema da peladeira de arroz que tanto foi cobrado pelos Parlamentares, pois era antiga mais de muita utilidade e que estava a um bom tempo sem funcionar, no que muitos diziam ser descuido da gestão, mas não era, e sim porque as peças são muito difíceis de encontrar. Disse que encontrou um rapaz em Epitaciolândia e encomendou a peça e no prazo de cinco dias chegou, assim no outro dia a peladeira de arroz já funcionou. Destacou que era uma coisa difícil que se tornou fácil. Também falou da peladeira da comunidade derretida que também foi ele quem encontrou a peça. Falou também sobre o povo estar pressionando para o correio entregar as correspondências no km 02, mas os correios alegam que as ruas não são numeradas. No que disse ser necessário haver um projeto aprovado pela Câmara e sancionado pelo Prefeito. Com relação a isso, convidou os nobres vereadores para trabalharem nisso, porque os moradores daquela localidade estão sofrendo muito.

2 – Tchero (PR)
Sobre os ramais, disse que o verão chegou e parabenizou o Governo por já ter colocado as máquinas para trabalhar em Assis Brasil, destacando que estão sendo ajeitados os buracos maiores, as ladeiras e com fé em Deus tudo vai dar certo. Parabenizou também a prefeitura pela coleta de entulhos na cidade, mas também cobrou a iluminação pública pois até o momento não foi feito nada e que isso é uma questão de segurança pública. Com relação ao Matadouro, destacou que todos os Vereadores iriam se reunir com o Prefeito para tratar sobre a regulamentação da Lei e decreto do Serviço de Inspeção Municipal, pois disso depende o matadouro. Onde reafirmou que se for colocar na ponta da caneta, já são mais de 1 milhão e meio que a cidade perde, sem contar as famílias desempregadas. Dentre outras coisas fez reclamação sobre o Banco do Brasil, mencionando que deve haver pelo menos um caixa com dinheiro, porque muitas vezes as pessoas têm dinheiro na conta e não conseguem sacar porque o caixa eletrônico não está funcionando. Nisto informou que após a Sessão estaria indo a Agencia do Banco do Brasil para conversar com o gerente no intuito de buscar soluções. Finalizou relatando sobre o Polo Industrial e as licitações do município.
3 – Ana Cláudia (PSD)
Relatou que taxista que fretou o carro para a Prefeitura a procurou para reclamar sobre seu pronunciamento na tribuna da Casa, quando contou sobre ele ter cobrado para trazer uma passageira de Brasiléia, mesmo estando fretado. No que ele disse que podia trazer sim, quem ele quisesse porque tinha vaga, destacando ele que todos recebem propina, inclusive os vereadores, deputados, dentre outros. Em relação a isso ela, destacou ter ficado muito chateada, mas não está no Legislativo para encobrir os erros, mas sim para falar o que as pessoas estão reivindicando. Outro assunto foi o atendimento na Prefeitura por parte da Secretária de Gabinete do Prefeito, onde destacou que o Secretário de agricultura já era para estar com caminhonete mas não está por culpa da Secretária de Gabinete e também que as demandas de Secretaria de Educação, Obras e demais não chega na mão do prefeito, porque tudo empanca no Gabinete, mas a Secretária se acha porque tem uma madrinha muito forte. Sobre o 14 de maio, criticou dizendo que agora que o pessoal está correndo atrás pra ver se dá conta. Também falou que era para ter tido uma banda a custo zero, vinda de sena Madureira, patrocinada pelo empresário Odacir, mas não quiseram a ajuda dele para trazer outra banda. Emitiu ainda, os temas que mais são cobrados pela população, que são: Transporte escolar da zona rural, Merenda da zona rural, ruas estão escuras. Ao finalizar disse que não está na Casa para tapar o sol com a peneira.
4      - Piel (PSD)
Relatou sobre a indicação que que fez ao Executivo, solicitando a construção da rampa no centro do idoso que precisa ser concluída, bem como a manutenção daquela rua que impossibilita os idosos de participarem dos encontros, pois não dá acesso. Nisto citou que há uma senhora idosa que vive próximo do Centro do Idoso, mas que não vai para as atividades pelo fato de a rampa não estar completa, então fica difícil para subir. Sobre o Abatedouro, narrou que já está caminhando para oito meses fechado e sem ele a crise aumenta, famílias desempregadas, e a renda do município encolhe. Falou sobre o medo do produtor de trazer seus produtos para vender, nisso indagou: O produtor vai viver de que? Se não pode vender o que produz.  Contou que visitou ramal e observou uma propriedade com bastante frutas estragando porque não tem ramal para trazer para vender na cidade. Depois explicou que Educação e Produção fazem qualquer cidade crescer, mas em Assis Brasil o salário dos profissionais da agricultura é uma vergonha, pois não valoriza o diploma dessas pessoas. Em relação ao 14 de Maio, destacou que seria muito bom o dia das mães ser comemorado igualmente com o 14 de Maio, pois não é todo ano que coincide ser no mesmo dia, mas a Prefeitura decidiu sozinha, no que discordou o fato de a Prefeitura formar uma comissão e decidir sozinha, porque também existe a Câmara de vereadores que poderia participar das decisões.
5      - Toinha Cavalcante (PC do B)
Começou retaliando sobre o Pólo industrial estar um caos, um total abandono, aonde poderia estar funcionando cada setor dalí, tais como: o Centro Tecnológico, a Fábrica de taboca, Galpão com câmara fria que, a Fábrica de doces, Casinha para colocar cachorros, mas só está funcionando a Maromba, a peladeira de arroz e a Mini Marcenaria. Nisso destacou que poderia estar gerando muito mais emprego e renda para as famílias de Assis Brasil. Sobre o Matadouro, disse que está todo mundo preocupado e os procurando para saber quando vai ser liberado, é também uma preocupação do produtor, pois muitas vezes eles têm seus animais para vender e não tem quem compre, com o matadouro ele vai vender e ter seu dinheirinho.  Sobre educação, informou que visitou três escolas na zona rural e estas não têm merenda para os estudantes. Também que, recebeu reclamação sobre uma determinada professora que chega na escola e coloca os alunos para limpar a escola e isso certo, porque na zona rural o professor que é responsável por limpar e fazer a merenda. Em relação ao fato, disse que irá procurar a secretária de educação para tratar sobre o assunto. Dentre outras coisas discorreu sobre o ônibus que não está entrando nos ramais para deixar alunos, nisto informou que realmente não tem condições do ônibus entrar nos ramais, pois encontram-se cheio de crateras e pode o ônibus virar ou cair numa vala, colocando a vida dos estudantes em perigo.  Para finalizar relatou sua indignação com o Secretário de Saúde, que viajou e tirou o carro da vigilância sanitária dos seus afazeres e o deixou em rio branco parado e com isso os serviços da vigilância não estão acontecendo. Estamos aqui para fiscalizar e é possível que a prefeitura pague até uma multa, porque o carro não é para atender o secretário.
6 – Ivelina Araújo (PT)
Comemorou a vitória do povo do Icuriã que depois de muito tempo terá o ramal aberto. Na oratória parabenizou os jovens da localidade que se esforçaram ao procurar o governador para pedir a realização deste serviço. Também cobrou sobre a questão das licitações e do Portal da Transparência, porque já se passou mais de 15 dias da sua primeira cobrança e não foi respondida pela Prefeitura. Quanto ao Portal, destacou eu quando ele estiver pronto, se precisamos saber quanto a Prefeitura gasta, terá tudo no Portal. Já das licitações, citou que aconteceram três licitações para contratação e locação de carros e tratores, mas que há muitas irregularidades, pois foi contatada por um amigo que veio de Brasiléia procurar o edital para participar do pregão e se deparou com muitas privações.  Dentre outras coisas falou sobre o buraco da vergonha, na frente da sua casa que já foi intitulado como buraco da vergonha; sobre a falta de profissionais para atender os clientes da Caixa Econômica Federal no município e que por isso irá fazer um requerimento solicitando uma audiência pública com a Caixa, para tirar maiores esclarecimentos e possíveis soluções.


VÍDEOS INTERESSANTES

Câmara Municipal De Assis Brasil - Acre
Rua Raimundo Chaar, 372, Centro - CEP. 69935.000