Menu

Vereadores de Assis Brasil

Publicidade

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

GILDA ALMEIDA COMANDA 2ª SESSÃO ORDINÁRIA DA 10ª LEGISLATURA


Confira os discursos

1- PAULO SALES
Discorreu sobre os trabalhos de ramais destacando que procurou o Vice Prefeito para colocar máquina para ramal, no que imediatamente ele tomou a frente dos trabalhos, ligou para o secretário de obras e foi feito um trabalho que ficou muito bom. Parabenizou a atitude do vice prefeito que acompanhou de perto os trabalhos durante toda a execução, mas destacou que seus parabéns não se estendem ao secretário de obras porque não este, não deu a atenção necessária, se não fosse o Vice prefeito nada teria sido feito. Sobre a energia na zona rural, enfatizou que está uma negação, o povo paga e está pedindo que o órgão responsável tome providências e faça um trabalho voltado para a população.
Aparte ANTONIA ALVES PEREIRA CAVALCANTE – a gente corre o risco de ser privatizado e se isso acontecer, se faltar energia em dias de feriado ficará sem atendimento, voltando apenas no próximo dia útil.
Com a palavra de volta, Paulo  disse que é bom que a população reivindique seus direitos e os Vereadores são seus representantes. Comentou que,  na zona rural é luz e agua, se falta luz também fica sem água. Nisto relatou que a empresa alega as más condições do ramal para entrar, então indicou que empresa compre um quadriciculo para atender nos ramais.
Mudando de tema falou sobre o POSTO DE SAÚDE Terezinha, estar abandonado com forro está caindo, sendo alvo de vândalos, assim destacou que deve-se haver um acompanhamento dessas obras que estão sendo feitas porque a exemplo está o centro do idoso, a concha acústica que não foi acompanhada, empresário fez do jeito que quis e hoje está como está.
Relatou que passou na antiga rodoviária e viu a caçamba em cima de toras de madeira, por conseguinte indagou aonde estariam os pneus.
A parte GILDA ALMEIDA DA SILVA DAMASCENO – O secretário de obras chegou domingo com os cinco pneus que estavam em Rio Branco e vão colocar agora.
A parte  MANOEL MATIAS DE SALES – Falou com o prefeito para ver a questão dos pneus e prefeito tomou providências.
De volta a palavra, Paulo disse que com respeito ao posto de saúde precisa-se de uma resposta e que apesar de tudo que está acontecendo, ainda confia que se pode restaurar muitas coisas e dar a volta por cima na administração municipal.

2 – CLAUDIA GONÇALVES
Segurança em Assis Brasil: quartel está funcionando com dois PMs, situação está crítica, deram férias para três PM ao mesmo tempo. Os que passaram no concurso para Assis, foram transferidos para Brasileia ou rio branco. Na Polícia Civil o delegado não está todos os dias. Sabe-se que tem bairros com pessoas vendendo drogas e nada é feito. Sobre a questão dos ramais, todos estavam reclamando e graças a Deus foi resolvido, esteve acompanhando a execução dos trabalhos juntamente com o Vereador Paul. Com relação a luz no km 02 conversou com chefe da Eletroacre e mostrou aonde está o problema da falta de luz no km 02 e ele disse que irá resolver. Outro assunto, foi a situação do posto de saúde do km 02, que está sendo coberto por mato, o Terezinha já foi quebrado janela, da mesma forma é o ginásio, o mato está subindo e cipós estão cobrindo. O Centro do idoso está interditado, idosos estão sem local para fazer seus encontros. Concha acústica não foi feita como deveria, mais de 100 itens irregulares, provavelmente será interditada. Relatou que está tudo muito difícil, o período do ano letivo está prestes a começar e não se sabe se vai ter transporte escolar. No ano passado vários alunos ficaram sem estudar por conta desse transporte e os pais  cobram dos vereadores para que cobre o Executivo.

2 -  MANOEL MATIAS

Crise que Assis Brasil está passando: abordou sobre o assunto de quem tem 4 meses de salário atrasado, destacando que imagina a necessidade de uma pessoa dessa, o que passa na cabeça dela. Talvez vai para precatória e não existe nem luz no fim do túnel. Até servidores do quadro tem salário atrasado, acha isso um absurdo porque são pessoas que dão seu sangue para que o município funcione. Nisto a população cobra e com razão. Citou um ditado, “A casa que falta agua e falta pão todo mundo briga e todo mundo tem razão,” depois relembrou sobre os gastos desnecessários com aluguéis, dentre outras coisas, enfatizando que as consequências de muitas festas que foram feitas chegando hoje, então quando falou para não gastar à toa, já era prevendo essa situação. 

VÍDEOS INTERESSANTES

Câmara Municipal De Assis Brasil - Acre
Rua Raimundo Chaar, 372, Centro - CEP. 69935.000