Menu

Vereadores de Assis Brasil

Publicidade

quarta-feira, 4 de abril de 2018

7ª SESSÃO NO LEGISLATIVO DE ASSIS BRASIL: MUITAS PAUTAS EM DEBATE. CONFIRA!


1 – MANOEL MATIAS - PSD
Salários atrasados do mês de Dezembro, foi feito negociação para pagar por letra, mas lamentavelmente algumas letras foram esquecidas porque até o momento não receberam. Nisto disse que vê a situação de Assis Brasil tão caótica que as pessoas estão vivendo uma vida que não esperavam. Mesmo que todos saibam das dificuldades que o município enfrenta, chega um ponto que a administração tem que decretar calamidade financeira, sendo que em Assis, já passou da hora, porque não está fácil para ninguém. Mês após mês chegam dívidas, então não se tem esperança de que a coisa mude, como todos esperavam quando foi feita essa negociação com a categoria. No que destacou que tinha certeza que não seria possível, não falou nada porque muita gente reclama porque ele fica criticando. Questionou aos demais parlamentares se acham que a situação está boa, mas sabe que a resposta é não. Mudando de assunto discorreu sobre a limpeza pública, citando exemplos de quando um morador corta uma árvore e coloca na frente do quintal para ser recolhido e depois chega a taxa da Prefeitura para pagar, nisto indagou como o morador irá pagar, se não está recebendo. Dessa forma indicou que a Prefeitura suspenda a cobrança dessas taxas, pois se torna imoral, uma vez que o próprio poder Público não está pagando os funcionários. Após discorrer pediu ajuda dos demais Vereadores para ver a situação com carinho e buscar solução. Também relatou que esteve no bairro Cascata e viu firma trabalhando na cobertura da escola Edilsa e está ficando muito bonito, nisto destacou que quando se quer fazer, faz. Sobre as escolas da zona rural, destacou que em conversa com a Secretária, informou que tem escolas que estão praticamente acabadas por falta de 4 a 5 telhas, nisto se solidarizou e dispôs-se a levar em seu barco esse material, mas até hoje não foi tomado uma decisão.

2 – IVELINA ARAÚJO - PT
Explicou motivo de ausência na sessão passada. Relatou visita do governador para entrega de certificados para a primeira turma formada em Assis Brasil, do programa Quero Ler. De acordo com ela, um projeto muito ousado e tem feito a diferença, porque várias pessoas saíram do analfabetismo, daí sua importância. Além dos diplomas, também foi entregue a obra do abastecimento de água, que é muito bom para a sociedade porque estende ainda mais o oferecimento de água e isso é algo que alguns municípios não têm. Sobre a ampliação e reforma do Núcleo de Educação, destacou que com certeza vai melhorar os serviços e o atendimento uma vez que atende mais de 1500 alunos, oferecendo também vagas de emprego. Informou que o prédio será entregue até o final do mês. Também relatou que participou de reunião com a comunidade Baixa Verde, aonde o desafio é que até o dia 20 de Abril possa começar a abertura e melhoramento de ramais. Ali Foi feito acordo com os moradores que precisam de materiais e cerca de 5 mil litros de diesel, aonde a Prefeitura dará 1500, e o Estado dará o restante do diesel e maquinário para realização do trablaho. Informou ainda que a Deputada Leila reafirmou compromisso de fazer o trecho do Catianã até o São Pedro. Mudando de assunto falou sobre requerimentos e indicações que foram discutidos no grupo e espera que respostas cheguem porque o povo que clamou cobra. Também relatou a insatisfação do povo, destacando que existem coisas que não são por causa das dívidas, por exemplo o término do ginásio, o dinheiro está nas contas; os buracos, a prefeitura tem tijolos para tapar. Então por isso há uma grande revolta. Se a prefeitura não tem condições de jogar barro e concreto para tapar buraco, não sabe o que mais poderá fazer. Parece que gestores não moram na cidade. É vergonhoso a prefeitura não ter condições de jogar uma carrada de barro, essa é sua indignação, não quer que faça tudo, mas pelo menos o que dá para fazer. Ivelina, disse que está à disposição também para ajudar no que for preciso, porque quer ter uma rua, e não um ramal. Finalizou relembrando a situação da pracinha que não oferece condições para as crianças brincarem.

3 – WENDELL GONÇALVES - PR
Sobre sua indicação para a Escola Napoleão Pardo, justificou que banheiros estão sem condições, refeitório está caindo aos pedaços, pois tem muito cupim e também pela ação do tempo. Disse que se preocupa porque as aulas estão previstas para começar no dia 09 de Abril, então espera que seja resolvido e que haja parceria entre Município e Estado porque estudarão alunos de ambas as áreas. Reclamou que o Vereador tem poder limitado, por exemplo, faz suas indicações e requerimentos, mas depois que chega no gabinete do prefeito não se sabe o que faz. Contou fato cômico aonde a Chefe de gabinete do Prefeito, parabenizou Ivelina por ter mandado requerimento pedindo prestação de contas da maromba, nisto ela disse que estava na sua mesa, mas tal requerimento ainda não havia sequer saído câmara, pois ainda seria votado. Falou também sobre a questão das ruas esburacadas. Já teve reunião com o prefeito relatando os problemas mas não tem dado certo. Dentre outras coisas, disse que gostaria que mais pessoas viessem ver a sessão porque tem muitas coisas que a população cobra na rua e já tem mais de mês que os Vereadores estão cobrando através de documentos e reuniões, mas não são atendidos. No mais, parabenizou a prefeitura pela cobertura da escola Edilza, felicitou a gestora Gleiciane por buscar sempre o melhor. Depois discorreu sobre o laboratório de análises do município que não está funcionando por falta de material. Finalizou enfatizando que Brasiléia está melhorando, mas porque a prefeita corre atrás, também porque Leila Galvão, Jessica Sales, Alan Rick e governador injetam recurso ali, uma vez que lá tem mais eleitores do que em Assis.

4 – GILDA ALMEIDA - PR
Endossou as palavras de Wendell, dizendo que se o Governador investisse em Assis Brasil igual com Brasiléia, estaria muito melhor. Na reunião de ontem, prefeito cobrou, destacando que Assis ficou de lado. Sobre o encontro com o Governador, parabenizou o Quero Ler, porque foi gratificante ver o depoimento de pessoas que tinham o sonho de aprender a fazer pelo menos o nome e hoje está tirando carteira de motorista, galgando mais resultados. Também Parabenizou a Feira do peixe, foi muito boa, bateu Record. Nisto indicou que fosse feita uma feira do peixe pelo menos uma vez por semana, pois os colonos ficaram muito agradecidos. Mudando de tema, informou que houve reunião do Prefeito com Secretários e pessoas próximas para tomar providências junto com o pessoal da limpeza e meio ambiente no que se refere a tapar os buracos. Destacou que na Obra, só vai pra frente quando Prefeito tomar atitude e afastar o Secretário, colocando alguém que saiba ouvir o que a população diz. Indignada contou que o pessoal da limpeza foi tapar buraco e Secretário de obras questionou com o prefeito porque estavam fazendo um trabalho que não era deles. Nisto questionou porque a obra não faz, se as condições são as mesmas. Acrescentou informando que o Secretário de Meio Ambiente, disse que vai ver os piores buracos e vai tapar e isso é louvável porque quem ganha é a população. Finalizou reafirmando que vai bater na tecla da Obra, até que prefeito resolva essa situação.

5 – ANTONIA ALVES - PC do B
Parabenizou o programa Quero ler por ver pessoas alfabetizadas que agora podem ir ao banco fazer suas coisas, exemplificou alguém que citou que agora não compra mais mercadoria vencida. Também destacou que já existe outra turma formada com 240 alunos. Falou sobre inauguração do novo depósito do Depasa que funciona desde 2005, e esse novo vai tratar 30 litros de água por minuto, então nos próximos anos o município não se preocupará com tratamento de água, a população pode crescer que não haverá problema. Destacou a entrega de equipamentos para a Seaprof, um caminhão, quadriciclo e barco de alumínio com motor, mas infelizmente está nas mãos de pessoas que não sabem usar. Citou exemplo do caminhão se alguém for fazer algo tem que pagar o combustível e sai mais caro do que pagar aluguel. Relatou que aproveitou a visita do Governador para entregar documento solicitando os tratores da Seaprof de volta ao município e pediu que ele lesse com cuidado. Sobre a questão da maromba, informou que requerimento não havia ido porque vereadores queriam que Ivelina estivesse presente na sessão para poder aprovar. Comentou que a maromba é a única fábrica que Assis Brasil tem e não está dando retorno para o município. Exemplificou que a limpadora de arroz, limpadora de madeira, fabrica de doce e carrocinha, estão todos desativados. Sem a carrocinha, rua fica cheia de cachorros. Informou ainda que o Governador irá mandar recurso para arrumar todos os ramais, apesar de serem responsabilidade da Prefeitura. Então espera que não fique só no discurso. Sobre o carro do lixo, governador não pode mandar recurso pois se dá através de Emenda Parlamentar, e devido Assis Brasil ter pouco percentual de eleitor, Deputados mandam recurso.

6 – CLAUDIA GONÇALVES - PSD
Parabenizou secretário pela feira do peixe, Gleiciane por conseguir cobertura da escola e questão da energia. Outro assunto foi sobre a maromba, pois o concreto para o tapa buracos não tem, mas o responsável disse que não está entregando a parte da prefeitura porque foi fez acordo com Prefeito que queria contrapartida em tijolo maciço. Outro tema foi sobre salários atrasados, no que algumas pessoas foram pagas e outras não, então isso gera indignação. Nisto destacou que não encontrou Ivanir para conversar. Reclamou sobre o lixeiro perto do IDAF que possui tampa e as pessoas colocam o lixo em cima, ao invés de abrir e colocar dentro, isso é muito feio. Disse que no km 02 pessoas reclamam que o caro do lixo não está passando. No que indicou ter que haver planejamento. Também destacou que a Prefeitura não está cobrando taxa de retirada de entulhos porque não tá dando conta, mas depois que regularizar a limpeza, sim irá cobrar. Parabenizou Jery pela reforma do Núcleo. Em defesa de Zum, falou que Prefeito também corre atrás de recursos para Assis, mas não consegue, enfatizando que Brasiléia tem Governdor e Deputados, mas Assis é só promessa. Dentre outras coisas, reafirmou que o carro da SEAPROF sai mais caro do que Toyota e produtor rural não dá conta. Disse ainda que estão usando quadriciclo da SEAPROF para passeio e visitas famíliares. Já o do Núcleo de Educação não tem reclamação. No mais, pediu que Governo olhe para Assis com olhar especial, porque todos só vem quando querem o voto. Enfatizando que Leila Galvão não vem em Assis se o Governo não vier e Governo só se preocupa com ramais quando vem alguma autoridade, porque não podem passar o sufoco que o morador passa.

HORA DA EXPLICAÇÃO PESSOAL QUASE TODOS OS VEREADORES USARAM A TRIBUNA DE NOVO PARA REBATER E OU EXPLICAR PAUTAS EM DEBATE. VEJA!

1 – IVELINA ARAÚJO 
Fez considerações a respeito do valor repassado ao investimento da ETA de um milhão e seiscentos mil reais. Esclareceu que Deputados estaduais não tem emenda para municípios. Destacou que Assis Brasil, tem muitos investimentos por parte de Deputados e Senadores de todos os partidos, como foi colocado pelo Prefeito durante vinda à Tribuna. O que falta é executar as emendas e não deixar paradas. Expôs que não se mede a capacidade do gestor pela quantidade de emendas para o município, mas sim as prioridades dele dentro do orçamento do município, pois tem que se preocupar com a saúde, educação, dentre outras coisas. Em defesa da Deputada Leila, disse que nem sempre que ela vem, todos a veem. Frequentemente ela participa de reuniões e visita ramais no município, então para provar trará relatório das reivindicações que Leila faz para Assis Brasil. Também reconheceu que o Deputado Jenilson também sempre está presente. Nisto demonstrou injusto o tratamento dos demais Vereadores com relação à Leila. Sobre o caminhão coletor, reforçou que todos são sabedores que Assis foi contemplado na gestão passada e deixaram voltar. Reclamou sobre os ACS não estarem passando na casa, e questionou como estarão sendo feitos os relatórios. Denunciou também que nos postos estão usando água da torneira no bebedouro. Finalizou informando que Secretário de saúde disse que está fazendo capacitação em Rio Branco para implantação da ouvidoria do SUS, nisto destacou que o serviço será de grande importância para a população.

2 – WENDELL GONÇALVES
Parabenizou Bebé pela feira do Peixe, por ter ajeitado a frente da feira com tapa buraco em frente o Moca, destacando que o mínimo que fizer já faz a diferença. Denotou curiosidade em saber quais são os requisitos para ganhar as licitações, porque tem empresa que tem pouco capital e pega obra gigantesca de um milhão, sendo que depois não consegue terminar a tempo, por ficar esperando as medições e metragens. Disse que Governador fez algumas obras, mas é o mínimo porque Assis pertence ao Acre então tem que investir aqui. Finalizou dizendo que tudo que Leila Galvão pede ao governador ele faz então ela pede sua parcela para Brasileia, dentre outras coisas, denotou ser sabedor de que Deputado Estadual não tem Emenda.

3 – MANOEL MATIAS
Parabenizou secretário de agricultura pela feira, mas lembrou que não foi só ele mas toda a equipe. O ex secretário sempre dizia que a equipe fazia. Também aconselhou que é muito fácil fazer algo que já deu certo, mas quando se começa do zero corre-se um grande risco. No que espera que melhore a cada ano, pois a feira do peixe veio calhar em um momento bom, é um projeto que veio para ficar.

4 – GILDA ALMEIDA
Referiu-se ao Manoel, dizendo que realmente é a segunda feira do peixe e ao parabenizar o atual secretário, não está desmerecendo o anterior secretário. Aonde Bebé, o atual secretário enfatizou o nome do Arquileudo, no tocante a primeira feira. Produtores agradeceram o prefeito e pediram que fosse pelo menos uma vez por semana para vender peixe e tudo mais. Em Brasileia tem semanalmente e seria bom se implantasse em Assis, porque gira recurso no município.

VÍDEOS INTERESSANTES

Câmara Municipal De Assis Brasil - Acre
Rua Raimundo Chaar, 372, Centro - CEP. 69935.000