Menu

Vereadores de Assis Brasil

Publicidade

quarta-feira, 18 de abril de 2018

9ª SESSÃO DO LEGISLATIVO DE ASSIS BRASIL. CONFIRA AS PAUTAS!


1 - PAULO SALES - PP
Agradeceu aos vereadores por o apoiarem em sua causa. Nisto destacou que pediu para a Presidente conversar com Prefeito, para ver o que poderia resolver e ele disse que não faria nada sob pressão, como foi o caso da secretaria Toinha que todos pediram para retirá-la e não foi tirada, e assim continua tudo apagado, uma vez que não rebebe resposta de nada. Disse que Vereadores se acostumaram com a coisa ruim. Mudando de tema, falou que chamou a imprensa para colocar a matéria no jornal para a população saber o que está acontecendo com o caso do Secretário de Saúde. Nisto também contou história que aconteceu com o povo da sua igreja em outro município, enfatizando que em meio a turbulência, pastor pediu direção de Deus. Com a direção dada, ele comprou 300 chupetas e deu para os irmãos colocarem na boca, depois perguntou se queriam continuar com a chupeta na boca ou enterraria, para poder crescer. Fazendo analogia, denotou que assim está a câmara de Assis Brasil, precisa deixar de ser criança e agir, porque os comentários estão feios na cidade. Alfinetou que certa parte dos vereadores estão sendo coniventes com o prefeito, então tem-se que tomar uma atitude porque esse é o ano da mudança, de criar coragem e fazer trabalho para a população. No mais, lembrou que em um seminário, o Tribunal sugeriu que vereadores não fossem amiguinhos do prefeito porque isso é ruim para a cidade e, é por isso que Assis está com salários atrasados, máquinas quebradas, ramais ruins. Com relação ao caso do secretário de saúde, deixou seu repúdio às atitudes que foram tomadas, não gostou e disse que vai se manifestar. Finalizou contando que Secretário foi ofendido em rede social e rapidamente foi registrar um boletim de ocorrência na delegacia, ou seja ele achou ruim, imagina ser ofendido com o dedo na cara como ocorreu com o Vereador. Prestou seus pêsames a família Ferreira, pois tem grande respeito à família, inclusive iria dar um título de cidadão assisbrasiliense para o senhor Raimundo e com seu falecimento, ficou triste, mas disse que nada impede de ser feito e um filho vir receber.  Sobre as dívidas de gestão passadas que eram pequenas e ficaram enormes, destacou que isso é irresponsabilidade. Nisto citou seu caso com a receita que teve que pagar valor mais alto porque não resolveu logo e o mesmo acontece com a Prefeitura. A respeito do ginásio, disse estar programando até o dia 10 de maio um movimento passivo em Assis Brasil, aonde vão puxar uns 150 esportistas para incentivar o esporte rural e outras demandas da cidade. Será um movimento passivo, com reivindicações através de cartazes para pedir o que quer que seja feito. Assim convidou os demais vereadores e público presente para participar. Finalizou referindo-se a Vereadora Cláudia, dizendo que já viu ela respondendo o Prefeito e ele intimidou-a. também sobre o voto de Claudia favorável ao Gabinete da Primeira Dama, disse que pessoa da família dela, contou que a mesma votou favorável para que Prefeito não tire seu pessoal dos cargos.


2 - WENDELL  GONÇALVES - PR

Discorreu sobre a reunião com o prefeito, aonde levou a pauta sobre o Secretário de Saúde e destacou que Secretário de Saúde está levando prefeito para dentro do buraco, porque usa os veículos de forma indevida, é arrogante com o povo. Nisto solicitou que o Prefeito tome atitude, conforme ache certo. Acrescentou que todos os vereadores levaram alguma coisa em pauta, tais como falta de medicamento na farmácia básica, laboratório que não está funcionando, salários atrasados, buracos nas ruas. Então o que podiam fazer, foi feito, resta agora esperar pois não podem forçar o Prefeito a nada. Disse que Prefeito anotou todas as sugestões e se propôs a resolver. Com relação aos exames de leishmaniose, informou que várias pessoas tem o procurado porque Prefeitura não se manifesta e Brasiléia está fechando as portas alegando que seu material é apenas para o povo de Brasiléia. Nisto reclamou que Assis Brasil tem mão de obra, só falta o material que não é caro, então só cabe a Secretaria de Saúde, tomar uma iniciativa e comprar.
3 - CLAUDIA GONÇALVES - PSD

Também falou sobre a reunião, disse que sua pauta foi sobre o que enfatizou na sessão, relatando que cobrou sobre o laboratório, carros da saúde, problemas no agendamento de pacientes que viajam na VAN, falta de parceria com o hospital, cerca da Escola Vicente Bessa, que foi paga e não foi construída, cobertura do CRAS foi paga e não foi feita, sobre o secretário ir no posto de saúde, entrar nas salas sem bater nas portas, como se fosse dono, sobre salário atrasado, transporte escolar que só está com duas rotas, sobre os ramais, os bloqueios e sequestros de verba, falta de merenda escolar, acrescentou que não é conivente com certos tipos de coisa, pois não é de acordo com salários atrasados, nem ruas esburacadas. Além do mais, não gostou sobre o Vereador Paulo não ter participado da reunião, uma vez que a principal pauta era justamente o problema que ele teve com o secretário. Dentre outras coisas relatou que a Parlamentar Ivelina visitou farmácia do município e disse que está com bastante medicamento, também que viu o Secretário de Obras pegando restos de concreto para tapar buraco mas não tem muito na cidade e nem tijolos, então não há muito o que se fazer. Finalizou cobrando a respeito da publicação do SIM, senão matadouro será fechado, então espera que seja feito, porque foi uma grande luta dos vereadores para reabri-lo e caso feche de novo, será muito difícil para o produtor rural. Informou que recebeu mensagem da prefeitura dizendo que iria pagar todos os atrasados. Rebateu fala de Paulo, sobre ter ficado calada uma das vezes que o Prefeito falou, explicando que já era a terceira reunião e ela havia falado o mesmo assunto nas duas anteriores. Finalizou reafirmando que seu voto no Gabinete da Primeira Dama, foi com consciência e convicção, portanto está tranquila além do mais não tinha gente trabalhando na gestão.
4 - IVELINA ARAÚJO - PT

Repassou que Secretário de Saúde informou ter chegado materiais para realização de exames, também que os carros da saúde, especialmente a VAN encontra-se inviável de fazer viagem, pois está com documento vencido, então para evitar constrangimento dos passageiros e motorista, tem que esperar até dia vinte, então solicitou que tem haja uma alternativa para a VAN que não vai funcionar. Fez reclamações sobre ter que dar remédios pertencentes ao itens da farmácia básica para pacientes que a procuram, sendo que é de responsabilidade da Prefeitura, mas enfatizou que os medicamentos que não são da atenção básica ela dá para pacientes com todo o prazer. Relembrou sobre requerimento aprovado solicitando aos empresários com obras paradas, sua convocação para prestar esclarecimentos na tribuna da Casa e que até o momento não foi respondido. Acrescentou que Prefeito havia informado que no dia 15 seria retomada a obra do ginásio, mas não recomeçou, nisto destacou que caso não seja retomado ainda essa semana, irá recolher todos os documentos e tomar providência, indo ao Ministério Público porque a população é quem sofre com isso, pois o certo seria, se a empresa não vai fazer, tem que notificar e usar-se dos termos legais. Mudando de tema, disse que Marcos Alexandre visitou Assis e o povo pedia a ele que ajudasse na questão das ruas, ginásio, emprego e programações culturais. Nisto destacou que foi aprovado Projeto de Lei, criando coral municipal, mas até hoje não chegou a Lei protocolada, e a prefeitura tem que fazer alguma coisa. Já com relação ao SIM, fez observação que foi na Prefeitura conversou com a Sabrina, viu a sobrecarga encima dela, enquanto que há pessoas ali que estão apenas para ocupar o cargo, então reavaliou que é humanamente impossível ela fazer tudo. É uma situação lastimável, mas infelizmente ela não dá conta de tudo, apesar de seu compromisso com a pasta. Também falou de uma pessoa que não tem competencia para o cargo que está, é o caso da recepcionista da saúde, uma vez que ela não dá as informações em totalidade para os pacientes.
5 - ANTONIO CAMELO - PP

Posto de Saúde, Terezinha está pronto para entregar, inauguração está marcada para esse mês. Sobre a educação, contou que esteve reunido com Prefeito e Secretária para decidir coisas sobre as escolas, aonde a nova secretária queria que  escola Iolanda funcione até quarta feira, mas foi detectado que não há estrutura suficiente para iniciar as aulas. Sobre os ramais, destacou que o Prefeito mandou fazer ramais ano passado e ainda está devendo para as empresas. Mudando de assunto mencionou que oficial de justiça chegou com mais 12 precatórias para serem pagas, sendo que uma delas a pessoa que foi demitida, tinha para receber cerca de 10 mil reais, mas devido a falta de negociação, já está em quase cem mil reais. A PARTE WENDELL GONÇALVES MARQUES – Não é só processo do ex-prefeito, é de várias gestões anteriores, então como a prefeitura não negociava, a dívida aumentava. Com a palavra de volta, Antonio, enfatizou que as dívidas vêm de todas as gestões passadas. E que as parcelas do FPM desse mês foram todas bloqueadas, só ficou com uma, com isso a prefeitura está sobrevivendo apenas com ICMS, para pagar parcelamento de FGTS, INSS, etc. Todos resultantes de gestões passadas. Finalizou expondo que a Coisa está feia e precisa-se informar essas coisas para a população.
6 - GILDA ALMEIDA - PR


Deixou seus pêsames a família Ferreira e família Teixeira, dizendo que sente bastante e sabe da dor de todos. Mudando de assunto falou sobre a visita de marcos Alexandre, que foi uma grande visita, mas está na hora mesmo de ele aparecer porque tem que fazer campanha. Só que ele deve ter pensado bastante, porque não dá conta nem das ruas de rio branco, pois no centro as ruas são boas, mas na periferia também está tudo esburacada. A crise está grande e não é só no município, em Rio Branco também. Em referencia as falas de Paulo, disse que tem muito respeito e admiração, e todos os vereadores foram solidários. Mas repudia quem foi fazer fofoca para ele, que as pautas da reunião eram outras, uma vez que todos os vereadores reclamaram sobre o caso dele com o Secretário e que inclusive foi reclamado sobre carros no Perú, recepcionista da saúde, dentre outras coisas e prefeito disse que vai olhar com atenção para ver o que fazer.  Acrescentou em tom irônico que tem gente na Casa que fica jogando um contra o outro, mas essa pessoa não foi verdadeiro, porque a reunião foi puxada justamente para tratar sobre a situação do Secretário de Saúde com o Vereador Paulo. Além do mais, destacou que o Vereador Piel, quando chegou, a reunião já estava terminando. Finalizou dizendo que a Casa não é lugar de fuxico, todos têm que fazer seu trabalho e receber as reivindicações do povo, mas existem pessoas que confundem e levam de forma errada.
 8- ANTONIA CAVALCANTE - PCdoB


Ofereceu seus pêsames a família Ferreira e família Teixeira. Depois falou sobre o projeto do bairro do km 02, que precisava do projeto aprovado para ter energia na frente da sua casa, uma vez que há moradores que a energia está a 200 ou 400 metros da residência e com o projeto as pessoas que vivem nos bairros da AMOPREAB, Aeroporto, entre outros terão energia e água. Relembrou que fez  visita à Eletrobrás, com a Presidente Gilda, cobrando justamente essa situação e que com a benção de Deus, brevemente se resolverá. No tema Saúde, disse que  recebeu ligação do promotor chamando-a para esclarecimentos em relação a uma reivindicação que fez solicitando agente de saúde e outras coisas, então se surpreendeu porque o secretário de Saúde a denunciou, sendo que ela é que deveria fazer. Então, disse que observa o secretário indo antes na promotoria para colocar primeiro a sua versão. No demais, disse que não participou da reunião com o prefeito, porque não foi convidada e criticou que se o Prefeito não faz nada sobre pressão, então realmente deve-se fazer mobilização com a população, para ser ouvida. Finalizou reclamando de quando falta medicamento na farmácia do posto, porque o povo pede e o vereador tem que tirar do bolso.


VÍDEOS INTERESSANTES

Câmara Municipal De Assis Brasil - Acre
Rua Raimundo Chaar, 372, Centro - CEP. 69935.000