Menu

Vereadores de Assis Brasil

Publicidade

quinta-feira, 7 de junho de 2018

VEREADORES QUE USARAM A TRIBUNA NA 14ª SESSÃO. VEJA OS DISCURSOS!



MANOEL MATIAS (PSD)
Relatou que a situação do bairro Bela Vista está cada vez mais crítica e não há esperança de melhorar.
Mudando de assunto falou sobre o produtor rural, destacando que os memos vivem cansados de trabalhar para o governo, pagando taxas e multas muito altas. No demais, enfatizou que acha errado a Polícia Militar ficar entrando em ramais atrás do produtor rural que está sem habilitação, nisto pediu trégua para que seja dado um desconto para os produtores que vem comprar suas coisas na cidade, muitas vezes até medicamento e a moto fica presa. Mas enfatizou que não é culpa da PM, mas sim do Governo que fica com o dinheiro e não investe para a população. Também falou sobre a Casa Legislativa sempre estar sendo desrespeitada, citou exemplo de requerimento aprovado pela Vereadora Antônia, o qual requeria que a partir das 5 horas da tarde os carros públicos ficassem estacionados nas respectivas garagens ou em frente a cada secretaria, no que apontou que a Secretaria de Agricultura não está obedecendo assim como outras secretarias. Finalizou dizendo que o Executivo trata legislativo como marionetes, então é necessário mostrar que Vereadores também tem poder.

IVELINA ARAÚJO (PT)
Contou que esteve fazendo uma visita institucional ao Hospital para averiguar a questão do Raio X e tratar dos problemas problemas de pessoal, humanização, dentre outras coisas. Nisto constatou que já veio um outro profissional para o atendimento. Acrescentou que essa época o pessoal do Pró Saúde já está tudo saindo, então pediu para a Deputada Leila entrar em contato com a instituição para tratar dessa situação porque se estão tirando o pessoal do PróSaude, tem que colocar novas servidores, senão irá fechar as unidades. Nisto citou que no hospital daqui, a área de cozinha, limpeza e farmácia era toda composta por pessoal do PróSaúde. Leila foi informada que já há o entendimento de necessidade de novas contratações, mas ainda não foi dito como será. Outra situação colocada pela vereadora foram os exames de PCCU que não estão sendo feitos por conta das reduções dos contratos, em Rio Branco não tem pessoal para fazer a leitura dos exames. Então está suspenso praticamente no Estado inteiro. Sobre o Detran é importante fazer o levantamento de bastante perguntas para fazer ao Comandante da PM, quando ele vir à Tribuna. No tocante destacou que é a favor do trabalho que o comandante vem desenvolvendo no município, mas que se houver abuso de poder, em relação a isso, é contra. Dentre outras coisas, falou sobre as condições ruins da BR, sobre a fronteira descoberta de proteção e questões de drogas no município, advindas da fronteira.

ANTONIO CAMELO (PP)
Falou sobre a questão dos buracos que existem tanto no município quanto na estrada. Questionou qual gestor irá administrar sem recurso para aplicar no município. Mas apesar de tudo, viu a preocupação dos Prefeitos, quando foram os 21 prefeitos até Brasília para discutir o recurso para melhoria dos ramais. No que destacou que depois de 30 dias da reunião em Brasília, Prefeito foi chamado para reunião com Governo, aonde foi informado que o dinheiro viria para o DERACRE fazer os ramais. Mas recentemente foi notificao que o Deracre não vai fazer os ramais pois não tem condições de realizar levantamento e projetos em todos os municípios no tempo hábil, sem contar que o governo não tem o recurso para dar a contrapartida necessária, ou seja, findou que o dinheiro não virá mais, nem para o Deracre, nem para os Prefeitos. Continuou falando sobre a BR que também não é feita, não sabe se é por falta de dinheiro, má administração ou roubalheira. Exemplificou que em Rio Branco há um Governador e um Prefeito, mas ainda assim, a cidade está cheia de buracos, imagina nos municípios que só têm o prefeito e ainda não recebe os repasses, por conta dos sequestros. Concluiu dizendo que apesar das reivindicações dos Vereadores, não tem jeito, porque sem dinheiro a Prefeitura não vai fazer nada.

WENDELL GONÇAVLES (PR)
Discorreu sobre a crise que está afetando o Brasil de norte a Sul, aonde todos os partidos estão envolvidos em corrupção. Nisto disse que se sente triste e infeliz por ter entrado na política num período desse, pois procura resolver as coisas mas não é possível. Sobre a violência nos bairros, destacou que a PM quando é acionada chega no local, mas vem com a viatura sinalizando, então o povo se espalha e quando consegue pegar, traz para a Polícia Civil e a pessoa é liberada porque não há um delegado. Nisto relembrou que no ano passado teve reunião em rio Branco com a superintendência da Policia Civil, onde informou que viria delegado para Assis, mas até agora não veio, então a cidade continua no fundo do poço. Acrescentou que no bairro Bela Vista tem gente com arma, dando tiro, riscando terçado, entre outras coisas. No tocante, solicitou que a segurança tente resolver a questão de boca de fumo e marginais que vem de fora, porque com a fronteira aberta tudo de ruim vem para Assis Brasil. Pediu a atenção do Prefeito, Governador, Juiz, Promotor e Presidente para resolver a questão. Finalizou falando sobre os buracos nas ruas e lamentado pelas peladeiras de arroz que o Governador não mandará mais para Assis Brasil.



VÍDEOS INTERESSANTES

Câmara Municipal De Assis Brasil - Acre
Rua Raimundo Chaar, 372, Centro - CEP. 69935.000