Menu

Vereadores de Assis Brasil

Publicidade

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

CÂMARA REALIZA 28ª SESSÃO ORDINÁRIA



WENDELL GONÇALVES
Frisou sobre as ruas e solicitou que o parlamento se reúna com o Prefeito para tentar solucionar os problemas, nisto destacou que a ladeira da cascata está horrível. Pediu que secretário de Obras faça trabalhos emergenciais, principalmente na ladeira da cascata, ponto do Deli, lava jato do Zezinho, na rua da Raimunda, em frente à casa da vereadora Ivelina, dentre outros locais aonde tem grandes buracos e quando os carros passam, batem o peito do carro, passível de acontecer acidentes ou até mesmo quando chove impossibilita os passantes de atravessarem as ruas. Acrescentou que o inverno já está chegando, com isso precisa que seja feito em caráter de urgência. Finalizou parabenizando todos os candidatos eleitos e ressaltando que espera que os eleitos olhem pelos pequenos e não apenas para os grandes. Finalizou dizendo que no Legislativo, todos tinham seus candidatos mas nunca teve atrito, porque cada um sabe respeitar a opinião do outro.

MANOEL MATIAS DE SALES
Sobre projeto que voltou para a casa, é contra o ajuste da gratificação paga aos coordenadores, uma vez que está muito baixa e deveria ser aumentada. Destacou que a Prefeitura tem que cortar gastos, mas deve fazer de quem não trabalha e não daqueles que se esforçam diariamente e trabalham com zelo. Mudando de assunto, falou sobre a construção dos banheiros no bairro Bela Vista, destacando que em alguns casos existem construções que quando vier o inverno vai dar problema, porque é tudo alagado e não tem drenagem. Acrescentou indicando que precisa ser construída ponte em um trecho do Bairro Bela Vista porque alí não passa carro, então a empresa que está construindo tem que descarregar os materiais de um lado e ir transportando aos poucos porque o carro não pode passar. Finalizou, solicitando atenção dos demais pares de Vereadores para analisarem o Projeto da Educação com carinho.

ANA CLÁUDIA GONÇALVES 
Reclamou da falta de emissão das carteiras de trabalho em Assis brasil, bem como da dificuldade de marcar perícia no INSS em Brasileia, sendo que antes havia posto do INSS em Assis Brasil e agora tudo depende de Brasiléia. A respeito das ruas, destacou que em frente o Deli está uma grande piscina. Disse que desde o início de seu mandato, reclama da questão das ruas que estão uma grande vergonha, todas esburacadas em situação difícil. Mudando de assunto, relatou que os alunos reclamam que não aguentam mais estudar na Iriscélia, pois está uma bagunça, sendo que três ou quatro alunos querem estudar os outros só tumultuam. Alguns levam bebidas para a escola, então não está tendo ensino de qualidade. Já aqueles que realmente querem algo com a vida vão e tentam estudar, mas a situação é difícil. Nisto relatou sobre sua filha e alguns outros alunos que pedem para morar em Brasileia ou em qualquer outro município para poderem estudar tranquilamente. Finalizou parabenizando os candidatos eleitos e pediu que façam algo pelo município de Assis Brasil, porque do jeito que está não dá mais. Está tudo acabado, não tem praça, saúde, educação, as ruas estão esburacadas. O povo está cansado de viver na peia, então que as promessas saiam do papel. Relembrou que Gladson disse que seria o Governador dos 22 municípios, nisto pediu que ele olhe para Assis Brasil.

ANTONIA ALVES 
Discorreu sobre as obras paradas no município, citando o posto do Icuriã, Posto do Km 02 que está abandonado, o mato está tomando de conta, sendo usado por pessoas para outros fins. No que destacou que as reclamações dos Vereadores não estão surtindo efeito sobre o Executivo, que é o órgão responsável pela obra, sendo que enquanto não se conclui a obra, seguem pagando aluguel de casa para funcionamento do posto, no entanto sem muitos serviços ao povo, como por exemplo não se aplica injeção, mesmo tendo toda uma equipe trabalhando. Destacou ainda que a Câmara já aprovou o uso do recurso destinado à obra do posto, mas não sabe o que está acontecendo. Outra questão mencionada foi o Ginásio coberto, que já vai completar seis anos que os jovens não têm um local para praticar esporte. Dentre outras coisas, falou sobre o Ramal da Amélia que está uma situação crítica aonde não passa carro, sendo que tem uma escola em funcionamento. Nisto destacou que para arrumar o ramal não precisa muita coisa. Discorreu ainda, sobre os banheiros das escolas da zona rural estarem em calamidade, não prestam e outros não tem caixa de água. Relatou ainda, haver escolas que não tem um fogão ou bujão, aonde o professor cozinha merenda no chão em fogão de barro para atender os alunos. Disse que é um verdadeiro descaso! Com relação a educação, falou sobre os coordenadores das escolas e em relação à saúde falou sobre os agentes de saúde da zona rural. Acrescentou sobre a questão da iluminação pública no km 02, destacando que já fez projeto e foi aprovado na Casa para posteamento do bairro. Finalizou agradecendo os votos do Deputado Jenilson Leite que foi o mais bem votado em Assis Brasil e também os votos da Perpétua Almeida.

 GILDA ALMEIDA 
Endossou as palavras do Vereador Manoel Matias, sobre algumas coisas que não estão bem dispostas no Projeto da Educação, nisto citou ditado popular que paga o justo pelo pecador, salientando que com o projeto o justo vai pagar pelo pecador, ou seja quem trabalha certinho, vai pagar por quem não trabalha. Dentre outras coisas falou sobre as buraqueiras nas ruas, ressaltando que existe a possibilidade de melhor um pouco, porque Prefeito chamou o pessoal e deu um pouco mais de condições para os funcionários fazerem a carpina das ruas, destacando que foi uma cobrança do secretário. Contou que a Caçamba que retira o lixo está quebrada e o pessoal da limpeza está dando umas vinte viagens com o tratorzinho e mesmo assim estão fazendo o serviço de limpeza. Dentre outras coisas parabenizou o futuro governador em Janeiro, os Deputados Federais e Estaduais, Senadores. Destacando que espera que Gladson cumpra o que disse, que Assis Brasil seria o primeiro município que ele iria ajudar. Com relação as obras paradas, deu razão à Vereadora Antonia, em estar cobrando o término das mesmas, tendo em vista que o inverno está chegando e tudo ficará mais difícil. Finalizou reclamando que as indicações dos Vereadores não são atendidas, mesmo as cobranças acontecendo diariamente.

 IVELINA ARAÚJO
Falou sobre projeto educação. Destacou que a questão dos provisórios na lei está dizendo que a letra A, será aumentada em 75% mas os provisórios não. Então tem que verificar essa questão, pois é contra não aumentar o salário dos provisórios. Acrescentou que para votar o projeto, precisa que sejam sanadas todas as dúvidas. Com relação aos gestores, o Projeto não está claro no que se refere a estar mantendo ou dando reajuste a categoria, fato que não poderia porque gestores tem um plano próprio e da outra vez que votou os projetos vieram separados. Falou das eleições, onde o candidato Jenilson teve votação expressiva. Mas lamentou a perca da Leila, achando injusto porque outros candidatos tinham recurso para investir em campanha. Destacou que Assis Brasil perde uma grande representante da regional do Alto Acre e espera que os eleitos possam participar da vida pública de Assis Brasil e ajudar como Leila fazia. Finalizou discorrendo sobre a iluminação e limpeza das ruas, no que relembrou que alguns anos atrás a carpina não era feita apenas uma vez por ano, pois o capim cresce muito rápido. Citou que próximo do campo de futebol tem muito lixo, inclusive alguns locais na cidade ainda têm lixo do dia 07 de Setembro.

VÍDEOS INTERESSANTES

Câmara Municipal De Assis Brasil - Acre
Rua Raimundo Chaar, 372, Centro - CEP. 69935.000