Menu

Vereadores de Assis Brasil

Publicidade

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

2ª SESSÃO NA CÂMARA DE ASSIS BRASIL. VEJA A INDIGNAÇÃO DOS VEREADORES!


1 WENDELL GONÇALVES (PR)
Falou ao Secretário de Saúde que na Casa, ninguém leva ou traz fuxico de ninguém. Quando o vereador parabeniza ou traz algum problema do povo é porque o próprio povo é quem traz. Vereadores não tem costume de fuxicar. Na postagem que o Secretário disse ser o representante do povo, ele não é, porque não passou por eleição e tampouco foi eleito para isso. Ele é apenas um formador de opinião, então ele tem que se candidatar e ganhar porque só se candidatar não vale. Deixou seu repúdio à postagem feita pelo Secretário, lembrando que tema apenas mais um ano e oito meses frente a gestão, isso se chegar até lá.  Fez críticas aos taxistas, no sentido de que eles nem sempre atendem a população durante a noite nos finais de semana. Relatou caso que aconteceu em um domingo chuvoso em que a Vereadora Toinha estava com seu pai doente no hospital, chamou um taxi e ninguém compareceu. Nisto solicitou que deve haver alguém disponível no ponto de taxi para atender demandas como esta. No demais reclamou das empresas de ônibus que estavam saindo no mesmo horário, fazendo disputa por passageiros na estrada, sendo que isso não é bom para a população porque pode causar acidentes na estrada. No tocante, disse que ficará atento e tentará conversa com as empresas. Parabenizou o Prefeito em exercício, Zé do Posto, pois apesar de toda a dificuldade esteve fazendo um trabalho digno, mesmo com o pouco recurso que tem. Outro tema tratado foi sobre as constantes quedas de energia na cidade, acarretando na queima de equipamentos, televisores, entre outras coisas. Nisto solicitou o envio de documento marcando reunião entre os Vereadores e a empresa. Contou que fez visita no polo industrial e viu que Chico Bessa está sendo construído uma maromba lá, no entanto, não tem nenhuma autorização da Câmara, com isso indicou que ele aguarde um pouco mais, pois poderá gerar problemas futuros e perda financeiras. Falou ainda de sua Indicações, pedindo a volta da carrocinha em Assis Brasil. Sobre o seletivo que teve no município, vereadores tem que ficar atento a lista de aprovados, para que seja chamado de acordo com a classificação, porque algumas pessoas já alertaram a respeito disso. Comentou sobre os limites territoriais do município, que já tem mais de 2 anos de luta e nada se resolve, então Assis Brasil continua sustentando civis de Sena Madureira, Brasileia, Bolívia e Perú, sem receber os devidos incentivos para isso. Nisto disse que irá fazer Requerimento para Prefeito e Assembleia para tratar sobre esse assunto. No demais falou sobre as ruas de Rio Branco que não estão diferentes das de Assis Brasil, muitas delas cheias de buracos, entulhos e matos. Relembrou Projeto de Lei mencionado por Antonio Camelo, sobre incentivo de limpeza do terreno e IPTU. Concluiu parabenizando os 16 jovens de Assis Brasil que foram para Rio Branco servir o exército.

2 MANOEL MATIAS (PSD)
Concordou com Wendell no assunto do Chico Bessa, porque se ele continuar construindo poderá ter problemas no futuro. Salientou que será melhor procurar o Prefeito para resolver essa questão. Outro tema foi a Escola Simon, que precisa de reforma urgente, sem ela a escola não pode iniciar as aulas, no que relatou já haver presenciado um curto incêndio na referida escola, aonde todos os alunos e funcionários tiveram que ir para a pracinha enquanto parava. Então disse que teme o começo das aulas sem que sejam feitas as devidas correções na parte elétrica e que se isso acontecer, irá convocar reunião com os pais para demonstrar o grande perigo que seus filhos estão correndo. Outro assunto foi sobre os descasos do secretário de saúde que são tratados na tribuna e o mesmo diz que é fuxico, mas não é, são as reivindicações do povo. Acrescentou que o próprio prefeito falou que pelo menos 90% dos servidores reclamam do Secretário. Nisto enumerou reclamações contra o Secretário: falou sobre o veneno que estava guardado na gerencia de endemias; sobre a cirurgia da senhora Peregrina, que tiraram o nome dela da VAN e a mesma não foi fazer a cirurgia, sendo que isso aconteceu por irresponsabilidade do Secretário de Saúde; contou que a Polícia já foi na Secretaria de Saúde e não foi para resolver fuxico; Postos de saúde sem medicamento, entre outras coisas. Nisto pediu que Prefeito usasse a mesma caneta que demitiu o Secretário de Agricultura e Secretária de Assistência Social – secretários estes que realmente fizeram algo pelo município, deixaram feira do peixe funcionando, programas sociais adimplentes, etc – para demitir também o Secretário de Saúde.

3 ANTONIA CAVALCANTE (PCdoB)
Falou sobre os requerimentos feitos por ela para a educação e os em conjunto com Ivelina e Lázaro, solicitando informações da saúde e da Prefeitura no andamento das obras.  Outra solicitação foi a respeito de um ponto de mototáxi, disse que conversou com o Prefeito estará providenciando para que seja construído na praça dos bandeirantes próximo da alfândega. Com relação as quedas de energia na cidade, disse que conversou com o Prefeito e foi informada de que o mesmo já estava tomando providencias na Eletrobrás, durante reunião. Vereadora acrescentou que povo está pagando energia muito cara, e com o aumentou tem pessoas que pagou a mais, valores como R$ 100, 200 ou mais e isso é um absurdo. Sem contar que por conta das quedas da energia, toda a população está sem água porque queimou o setor de distribuição. Dentre outras coisas, disse que pediu para Prefeito ver a questão da energia do km 02, aonde os moradores sofrem por ter que fazer ligação de energia para suas casas pagando de seus próprios bolsos. No que Prefeito relatou ter ido até o INCRA e ter sido informado que até hoje o INCRA não repassou a terra para o município então por isso a Eletroacre não pode fazer o posteamento. Também falou sobre os taxistas. No demais, convidou os pares para reunião com o DERACRE no Sindicato dos Trabalhadores quarta-feira a tarde, para discutir questão da abertura dos ramais. Por último falou da sua indignação com o Secretário de Saúde, no que se refere a sua postagem dizendo que os Vereadores da Casa usavam a tribuna para fazer fuxico. Respondeu que se reivindicar o direito do povo for fuxico, vai continuar sendo fuxiqueira porque jamais irá se calar. Destacou que o povo procura os Vereadores porque é mais fácil encontrá-los do que falar com o Secretário que para entrar precisa fazer processo de identificação e relato do assunto na recepção. Acrescentou que Vereadores estão na Casa porque foram eleitos pelo povo e quem quiser ter mandato de vereador tem que concorrer às eleições e ganhar, diferente de um Secretário que está no cargo por conta da caneta do Prefeito e na hora que Prefeito não quiser mais, ele perde o cargo.

4 IVELINA ARAÚJO (PT)
Falou sobre os requerimentos que fez em conjunto com os Vereadores Antônia Cavalcante e Lázaro Manchineri, os quais requeriam informações sobre a saúde, maromba, obras em andamento e recurso próprio da Prefeitura. Com relação a nota de repúdio ao Secretário de Saúde, feita pelos Vereadores Secretário de saúde, declarou que o Secretário foi muito infeliz e irresponsável em fazer aquela publicação e foi por isso que manifestaram indignação. Dentre outras coisas, informou que foi feito uma averiguação profunda nos documentos da saúde e constatou-se que o Secretário estava recebendo mais diárias que o Prefeito, que o Secretário em menos de dois anos recebeu cerca de 64 mil reais em diárias e outras vantagens. No tocante acrescentou que deverão fazer essa fiscalização também nas outras secretarias, uma vez que esse é um dos papéis do Vereador. No demais acrescentou comentários a respeito do posicionamento do Secretário de saúde e falou também da problemática das linhas de ônibus que circulam em Assis Brasil, no que se refere a saída dos ônibus da Petroacre e da TransAcreana no mesmo horário. Finalizou solicitando melhoria no salário do Conselho Tutelar, uma vez que os conselheiros estão com seus vencimentos defasados a muito tempo.

5 ANA CLÁUDIA GONÇALVES (PSD)
Parabenizou Zé do Posto pelo mutirão de limpeza, pelos trabalhos que realizou no Beija Flor e outros ramais, agradeceu ao Zum, pela construção do Almoxarifado do Legislativo, destacando sua parceria com a Casa. Sobre a Escola Simon, disse que também foi procurada por moradores que reclamam da situação, nisto solicitou que seja tomada uma providência na parte elétrica antes das aulas começarem. Também retrucou as ofensivas do Secretário de Saúde, enfatizando que as reclamações são contra o gestor e não contra a pessoa particular do Secretário, nisto denotou que quando falam na tribuna sobre seus desmandos, maus tratos aos cidadãos, reclamações dos exames, etc, tudo são coisas que o povo reivindica, não sendo um fuxico e sim a pura verdade, mas se ele se incomoda o problema é dele e não dos Vereadores. Explicou também que foi citado a falta de medicamentos, mas vereadores não disseram que todos os medicamentos estão em faltam. Secretário disse que está aberto ao diálogo, mas isso não é verdade porque há muita dificuldade quando precisa falar com ele, por exemplo, quando a pessoa vai falar com ele, tem que protocolar o nome no caderno e depois assinar para constar e levar documento de RG e CPF. Dentre outras coisas, fez denúncia de que o Secretário está usando moto da Vigilância Sanitária como se fosse dele, que também a VAN da saúde muitas vai gente apenas para fazer compras em Rio Branco, tomando a vaga de quem realmente precisa. Mudando o foco, disse que não apenas o Secretário de Saúde é difícil de encontrar, como também o de Agricultura que nunca está na secretaria, só fica no seu comércio. Nisto relembrou que Ex Secretário, Arquileudo era muito bom e todos conseguiam falar com ele, e na Assistência Social a ex Secretária também resolvia. No demais, relatou que vereadores se reuniram para fazer estudo aprofundado dos gastos efetuados pela Saúde e observou-se que ele gastou mais de 64mil em diárias em menos de dois anos.

6 PAULO SALES (PP)
Respostou que, na Tribuna é lugar do Vereador levar a conhecimento público, as reclamações do povo, bem como parabenizar as coisas que estão certas dos Secretários e qualquer outra autoridade do município e quando estiverem errados também mostrar para a população, assim como fazer as devidas fiscalizações. Nisto denotou que ficou triste por ter cobrado o resultado dos exames na tribuna e depois ter visto a publicação do Secretário reclamando da atitude dos Vereadores, ao mesmo tempo ficou triste com alguns internautas elogiando o posicionamento dele que não tem autoridade nem capacidade para assumir a pasta que assumiu, sendo que a própria Primeira Dama comentou dizendo que gostou e que realmente estava faltando alguma coisa dos Vereadores. No que o Vereador alfinetou a Primeira Dama dizendo que, o que está faltando é uma ação do Gabinete da Primeira Dama que nunca existiu em Assis Brasil, sendo que a senhora Primeira Dama assumiu a pasta e até hoje não mostrou nada para a população, nesse sentido deixou também seu repudio a atitude da Primeira Dama. Concluiu dizendo que as pessoas devem usar as redes sociais com responsabilidade e não para denegrir a imagem dos outros. Acrescentou que muitos dos Vereadores que deram seu voto para criação do Gabinete já se arrependeram. No demais, elogiou o Vice Prefeito Zé do Posto pelo trabalho que desenvolveu no município enquanto esteve como Prefeito em exercício, pois fez diversos trabalhos de recuperação de ramais, principalmente no trecho do Rio pardo até o Beija Flor, destacando ser isso que o povo quer: trabalho simples mas voltado para o povo, e para isso basta ter boa vontade, coragem e união.

7 GILDA ALMEIDA (PR)
Parabenizou os Vereadores do PCdoB e PT pelos requerimentos e disse que realmente Vereadores estavam deixando a desejar. Destacou que não tem nada contra nenhum Secretário, mas deixou o seu repúdio na Tribuna ao Secretário de Saúde, porque se sentiu injuriada e difamada.  No demais disse que deve-se que demitir secretários que não trabalham, que não fazem seus papéis, mas que tem seu dinheiro na conta todos os meses.Também reclamou que não há nenhum Secretário que tem respeito pelos Vereadores e isso é um fato complicado. Mudando de assunto, voltando-se para o DEPASA, disse que espera que a pessoa responsável pela água, faça um bom trabalho como o Lico fazia. Sobre a Eletroacre, indicou que vereadores devem se reunir para fazer documento sobre o apagão que está queimando os eletrodomésticos da população. Finalizou parabenizando todos os Vereadores por se unirem em prol de uma causa.

8 ANTONIO CAMELO (PP)
Parabenizou Toinha pelo requerimento sobre os Agentes Comunitários de Saúde, mas destacou que ACS não receberam seus kits de trabalho, muito menos o auxílio e tampouco tem veículo para fazer o trabalho, sendo que muitas vezes tem que ir no seu próprio trabalho, correndo o risco de quebrar seu veículo, ou de se acidentar e não vai receber nada por isso. Reflexionou que Lei se faz, Lei se aprova e Lei se revoga, então deve-se fazer uma lei que trate sobre os ACS. Sobre energia elétrica, Eletroacre diz que até hoje o INCRA não doou a terra para o município, no entanto a cidade já está construída em cima da terra, então não entende porque a Eletroacre está cobrando o uso da energia, mas alega que não pode fazer os posteamentos, mas pode cobrar. Questionou: Se a terra não é do município então porque estão cobrando energia, porque colocaram os padrões? Sendo que se for seguir a lei a risca não podiam fazê-lo, porque os padrões quem coloca é a própria empresa. No demais discorreu sobre os aumentos absurdos no preço da energia, reclamando que o anunciado seria 20% mas aumentou cerca de 100% ou mais.

VÍDEOS INTERESSANTES

Câmara Municipal De Assis Brasil - Acre
Rua Raimundo Chaar, 372, Centro - CEP. 69935.000