Menu

Vereadores de Assis Brasil

Publicidade

quinta-feira, 14 de março de 2019

MUITA POLÊMICA NA 3ª SESSÃO LEGISLATIVA EM ASSIS BRASIL. CONFIRA!

1 Manoel Matias PSD
Falou sobre os desmandos do Secretário de Saúde e lamentou por acontecer uma tragédia atrás da outra quando se fala do Secretário lidar com pessoas, já se sabe que vai acontecer maus tratos. Nisto relatou que a pessoa que esteve na reunião com Vereadores e Prefeito para relatar coisas da saúde, foi transferida para outra secretaria, mesmo quando o próprio Prefeito havia dado sua palavra de que nada aconteceria com a mesma. Cobrou que Prefeito disse que iria tomar uma atitude com relação ao Secretário de Saúde, mas até o momento não resolveu nada. Alfinetou o Secretário dizendo que os Vereadores foram eleitos pelo povo, então eles têm muitos padrinhos e madrinhas e não apenas um como o Secretário e que ele tem que respeitar as pessoas, tem que respeitar os funcionários porque eles não são seus empregados particulares, mas do município e são pagos com dinheiro dos impostos dos cidadãos. Finalizou falando sobre a ponte do Ramal Iracema, comentando que esteve com o Prefeito e foi informado de que estará vindo o engenheiro do DERACRE para ver a questão da ponte. Nisto destacou que um morador indicou que a ponte seja construída em um novo local para possibilitar um melhor acesso.

2 WENDELL PR
Abordou sobre a reunião, destacando que tudo o que os Vereadores falaram é verdade e que ele se sente muito culpado com o que aconteceu com a funcionária, porque ele foi quem levou a funcionária para fazer as declarações ao Prefeito e se comprometeu que não iria acontecer nada com ela, pois já havia conversado com o Prefeito, então nesse sentido se sente muito culpado e declarou que se por causa disso a funcionária chegar a ficar sem emprego ele tirará do próprio bolso para pagar um salário mensal para ela. No demais informou que estará procurando o Prefeito para saber realmente como vai ficar a situação da funcionária. No demais aproveitou a oportunidade para pedir desculparas para a funcionária pelo acontecido e que se soubesse que seria assim não teria chamado ela para contar as coisas. Dentre outras coisas disse que se seu nome for aceito, ele será sim candidato a Prefeito nas próximas eleições. Falou sobre reunião no Sindicato com o Diretor do DERACRE, aonde estiveram presentes representantes da comunidade em geral. Comentou que Diretor destacou o sucateamento dos maquinários, pediu para fazer a realização de listagem de todos os ramais que precisam ser feitos em Assis Brasil, acrescentou que há um ramal que deve ser feito imediatamente para não se perder recurso, com isso pediu que fosse indicado qual deles é prioritário. Disse que na reunião tiveram pessoas fazendo reivindicações ao Prefeito que não eram cabíveis para o momento, inclusive fazendo reivindicações que não eram da alçada da Prefeitura, nisto questionou o bom senso, uma vez que sempre tem que se analisar as vias de saída. Dentre outras coisas, alfinetou que o Ramal do Icuriã era utilizado na gestão passada como canteiro de votos, mas tem fé em Deus que nesses novos quatro anos a situação será resolvida. Outra pauta levada a tribuna foi com relação aos dois ônibus que fazem a linha para Brasileia em alta velocidade, disputando os passageiros e colocando em risco a vida de todos. Nisto solicitou que seja feito ofício pedindo reunião com as empresas para tentar sanar a questão. Por fim parabenizou os alunos pela volta as aulas, destacando que a Escola Edilsa está bem estruturada, parabenizou a Gestora Gleiciane e desejou um ano repleto de aprendizado. Também parabenizou a prefeitura por fazer a ponte do Igarapé Grande e explanou sobre as indicações que fez pedindo poda das arvores que se localizam nas mediações do Ginásio e Campo de Futebol, bem como solicitando que a Prefeitura a crie de um órgão executivo de Transito.

3 IVELINA MARQUES PT
Tem duas semanas que tenta falar com a Doutora Maiara para tratar sobre essa questão dos dois ônibus saindo no mesmo horário, mas não consegue. Disse que seria de grande importância fazer uma audiência pública e convidar também o pessoal de Brasileia para participar. Contou que após apuração de diversos irregularidades do atual Secretário de Saúde do Município, os Vereadores tiveram reunião com o Prefeito para tratar do tema e que na ocasião uma funcionária participou relatando ainda mais irregularidades, então após ouvir, o Prefeito se comprometeu que nada aconteceria a esta mulher, nem sequer uma cara feia, nem ameaça, nem piada, muito menos a transferência dela para a Educação como aconteceu logo em seguida, nisto a funcionária foi prejudicada, uma vez que sabe-se que a educação não recebe em dias e no final do ano fica sem trabalho, sem salário. Nisto questionou a democracia existente e declarou repúdio ao Prefeito porque ele deu sua palavra e não cumpriu, fato que demonstra que ele não manda nessa gestão, então não confia mais na palavra do Prefeito. Indignou-se destacando que é um absurdo a pessoa não poder reclamar seus direitos. Com a palavra de volta, Ivelina disse que se a pessoa cala diante dessas situações, fica difícil, pois ninguém quer ficar desempregado. Nisto deixou registrado que não acredita mais no Prefeito e que a situação já passou dos limites. Em se tratando de denúncias feitas, reclamou que se sente de braços e mãos atadas com relação a justiça, já esteve levando denúncias juntamente com Manoel Matias e Toinha, ao Ministério Público e vê que isso não importa muito, pois são deixadas de lado, também o Tribunal que é um órgão que deveria estar mais presente e finda que se encontra ausente. Para finalizar solicitou que os Vereadores apresentem requerimento pedindo CPI na Saúde e rapidinho as coisas serão resolvidas.

4 ANTONIA CAVALCANTE PCdoB
Relatou reunião com o Prefeito e repudiou a remoção da funcionária que contou a situação que estava acontecendo na saúde, disse que é uma falta de respeito e acima de tudo de humanidade. Se referindo ao Secretário de Saúde, depreciou a onda de submissão ao chefe que vem ocorrendo dentro da Secretaria, aonde não se pode reclamar do chefe porque senão vai perder o emprego ou ser transferido. Como forma de punição ao ato, indicou que os Projetos que vierem do Executivo devem ficar na gaveta até que seja resolvida essa situação para que dessa forma possam provar que o vereador também tem poder. Dentre outras pautas, destacou que a questão do ponto dos Mototáxistas já foi resolvida, informando que o responsável da Receita Federal cedeu um ponto na alfandega para construção de um local de espera dos mototaxis e que Também será construída um ponto de espera para os mototaxistas na calçada do banco do Brasil, conforme ela havia conversado e acertado com o Prefeito. NO demais parabenizou Cláudia pela indicação solicitando a ponte ligando o km 02 e espera que prefeito atenda, pois quando ela pediu no ano passado não foi atendida. Outro assunto tratado, foi em relação aos Deputados Jenilson Leite do PCdoB,  Perpétua Almeida e outros Deputados Federais, Vereador Eduardo Farias e Senador Sérgio Petecão, da bancada do Acre, que estiveram em reunião com a ANEEL para solicitar diminuição nas taxas de iluminação pública, uma vez que o Acre paga a maior taxa de energia do país. Nisto questionou como seria possível trazer industrias para o Acre se a energia é muito alta. Nisto ressaltou que a bancada conseguiu que a taxa de aumento prevista para junho de 21% não será mais aplicada, mas em Novembro não sabe como ficará. Nisto observou que a população está bem representada em Brasília porque os Parlamentares estão lutando pelo povo do Acre. Concluiu relatando sobre a Conferencia realizada pelo do PC do B, aonde unificou-se o PPL com PCdoB, tornando-se em um único partido. Dentre outras coisas informou que estará cobrando novamente a sala na Vicente Bessa para atender as crianças da Pré-escola.

5 CLAUDIA GONÇALVES PSD
Discorreu sobre as constantes quedas de energia, principalmente na zona rural, criticando que o pessoal responsável pela manutenção da rede está deixando a desejar. Sobre a Secretaria de Saúde, falou a respeito das carretas que fizeram mamografias, ultrassonografias entre outras coisas que até hoje não chegou o resultado. Reclamou que naquela época o Secretário não consultou o povo sobre quais serviços seriam necessários trazer, que tomou decisão sozinho de trazer as carretas porque ele se sente no poder de decidir o que é melhor para o povo. No tocante informou que teve conversa com o empresário dono das carretas e o mesmo disse que os resultados dos exames ainda não haviam chegado porque a Secretaria não efetuou o pagamento dos serviços. Ainda sobre a Secretaria de Saúde, fez menção de uma reunião que os Vereadores tiveram com o Prefeito para tratar dos problemas da Saúde, aonde Prefeito ouviu relatos de uma funcionária sobre os desmandos e descasos do atual Secretário. Nisto rezingou do fato de que o Prefeito havia garantido que não iria acontecer nada com a servidora, no entanto na mesma semana ela foi removida do quadro da Saúde pelo Secretário. Nisto criticou a falta de comprometimento e poder do Prefeito. Como resposta a falta de respeito às questões do Legislativo por parte da Prefeitura, a Presidente anunciou que enquanto esse problema não for resolvido, o Parlamento não irá  votar os Projetos da Prefeitura. Acrescentando que todas as vezes votam os Projetos pensando na população, mas infelizmente os Vereadores estão sendo muito cobrados e mal vistos pela população no que ser refere a ter alguma “moral” com o Prefeito. Outro assunto abordado foi sobre a reunião no Sindicato dos Trabalhadores, aonde alfinetou que o Presidente do Sindicato Isaías cobrou muitas coisas que antes ele não cobrava, então pensa que ele está achando ruim porque o Marquinho não está fazendo mais fretes particulares com carros públicos. Dentre outras coisas destacou que o Ramal do Recife não está indo carro até o final da linha porque estourou uma bueira, nisto solicitou que seja feito um trabalho de emergência naquela localidade. Outro assunto, anunciou que marcou reunião com o Secretário de Segurança e Vice Governador para conversar sobre as necessidades do povo e da falta que faz um delegado, promotor e juiz na cidade. Finalizou falando sobre suas indicações e referindo-se à Vereadora Toinha, dizendo que ser oposição ao Prefeito é melhor do que ser situação porque as indicações de Toinha são atendidas enquanto que as da base não.

6 ANTONIO CAMELO PP
Falou sobre a reunião do DERACRE no Sindicato dos Trabalhadores Rurais onde estavam presentes alguns vereadores e demais autoridades, destacou que houve equivoco aonde o Diretor do DERACRE deixou claro que o recurso que está disponível para fazer ramal é especificamente para aqueles ramais que produzam grandes quantidades e sabe-se que em Assis Brasil não tem muita produção, então algumas pessoas entenderam que não vai sair ramal em Assis Brasil, mas entenderam errado. Nisto moradores pedem que o Prefeito faça seus ramais, uma vez que não haverá recurso do DERACRE para isso. Então assim como Prefeito fez o ano passado, rapou os ramais será feito também esse ano. Nisto destacou que Prefeito não vai deixar o povo abandonado. Finalizou falando que a Prefeitura tem a sua disposição o caminhão da SEAPROF e trator para fazer trabalhos, então já é uma grande ajuda. Também esclareceu que diferente do que as pessoas estão pensando, não foi a Prefeitura quem tirou a exigência de declaração do Sindicato Rural para se aposentar, nem tampouco da AMOPREAB, mas que foi uma decisão do novo Presidente da República para tentar melhora a vida do Produtor Rural, mas os moradores da zona rural não estão entendendo e estão se sentindo prejudicados, porque muita gente se vale disso e se aposenta como trabalhador rural.

7 GILDA ALMEIDA PR
Parabenizou a todas as mulheres pelo dia da Mulher. Falou sobre as Comissões da Câmara que foram formadas deveriam ser apresentadas na Sessão e também falou sobre uma promessa que fez de não se meter mais na gestão sobre a questão de tirar ou não secretários. Reclamou sobre a falta de sigilo das reuniões que se tem com Vereadores e Prefeito. Disse ainda que ouviu especulações de quem poderia assumir a Secretaria de Saúde e não ficou satisfeita porque se for para colocar uma pessoa pior do que o atual, é melhor que ele permaneça porque ele tem seus problemas mas desenvolve um trabalho razoável.

8 LÁZARO MANCHINERI PCdoB
Usou a explicação pessoal para responder o Vereador Antonio Marinho, informando que a comunidade indígena tem sim produção e que o ramal deve ser aberto e melhorado porque os indígenas de hoje em dia não são mais como os de antigamente que não tinham contato com o povo branco. Hoje em dia eles tem vontade de produzir muito mas não faz porque não tem ramal para escoar, também o Rio não está dando condições, entre outras coisas. Nisto reclamou que os indígenas também precisam de oportunidade, de ramais porque ninguém vai dar de comer o povo indígena, eles trabalham para se sustentar, plantam suas macaxeiras, bananas, etc. Cobrou das autoridades competentes, o direito que têm a educação, saúde e a produção. Finalizou relatando o alto preço que os indígenas pagam de frete para chegar até a cidade, entre outras reivindicações em prol da comundiade indígena.


VÍDEOS INTERESSANTES

Câmara Municipal De Assis Brasil - Acre
Rua Raimundo Chaar, 372, Centro - CEP. 69935.000