Menu

Vereadores de Assis Brasil

Publicidade

quarta-feira, 26 de junho de 2019

PAUTAS DA 17ª SESSÃO CMAB



1 WENDELL GONÇALVES (PR)
Falou sobre as indicações que fez para que seja realizada abertura de ramal no km 88, fazendo a ligação do Ramal do Jacú com o Ramal do Escondido, aproximadamente 06 km de ramal, pois irá possibilitar a instalação do Programa Luz para Todos, a outra indicação foi para que seja realizada abertura de ramal no km 10, da colônia da senhora Rizoneide até o Zé Thiago, o que perfaz cerca de 02 km de ramal. No tocante destacou que os moradores estão dispostos a ajudar, caso a máquina entre para fazer trabalho no ramal, pois é um trabalho de grande importância para a comunidade. Nisto solicitou que Prefeito olhe com carinho especial para ambas as comunidades. Mudando de tema, contou que participou de Assembleia que na comunidade da Divisão no sábado, aonde foram tratados assuntos diversos temas importantes para a reserva Xico Mendes. No demais, reclamou de notícia, veiculada em jornal dizendo que Vereadores aprovaram projeto para o quilo da borracha ser vendida a R$ 1,40 sendo que na verdade o quilo da borracha é vendido a R$ 13,90 e que R$ 1,40 é o subsídio que a Prefeitura tem que pagar aos produtores. Dentre outros temas, abordou sobre a situação da Delegacia que está um problema e isso já vem se alastrando a muito tempo, aonde relembrou visita que fez a Rio Branco, juntamente com a Vereadora Gilda, solicitando um Delegado para Assis Brasil. Criticou que a situação só piorou, pois hoje está sem viatura, sem internet, sem fazer identidades, etc. Acrescentou que os funcionários têm vontade de trabalhar, mas a Delegacia não oferece estrutura para nada. Finalizou citando que o bairro Bela Vista está tomado pela criminalidade e os jovens estão à mercê dessas práticas ilícitas. Muitos jovens estão aderindo e se metendo nas facções, sendo este um grande problema para o município. Então espera que com os documentos enviados, as autoridades tomem iniciativa no sentido de melhorar a segurança pública em Assis Brasil.
2 IVELINA ARAÚJO (PT)
Indignada, relatou acontecimento que presenciou em Iñapari, aonde no final de semana a viatura da polícia peruana parou em frente à boate, e os policiais foram colocando todas as motos das pessoas que estavam na festa, em cima da caminhonete, em sua maioria veículos de brasileiros, que é o maior público da festa, no total foram 11 motos recolhidas, sem avisar aos donos. Nisto criticou dizendo que querem faturar, porque quando as pessoas foram procurar as motos, eles cobravam 1000 soles para liberar no mesmo dia, sendo que depois seria 50 soles. Disse que acha isso um absurdo e estará procurando o Prefeito de Iñapari, para tratar da situação, pois acha um desrespeito e não pode ficar desse jeito, os Vereadores têm que procurar Prefeito e Promotoria também. No que ressaltou ter sido informada que já é a segunda vez que isso acontece. Nisto solicitou união dos Vereadores para marcar agenda com o Prefeito para tratar do tema. Mudando de assunto, relatou que visitou o posto Terezinha e o Antônio Alves, aonde foi constatado que ainda não estão fazendo exames laboratoriais, por conta da falta de tubos. Também ainda há a problemática da falta de medicamentos. Outra reclamação é que o posto de saúde Antônio Alves, está sem enfermeiro porque o servidor do quadro está de férias, no que destacou que isso não pode ocorrer de forma alguma. Dentre outros pontos abordados, citou a falta de carro específico para atendimento dos postos de saúde e criticou a falta de ambulância municipal. Finalizou falando sobre seus requerimentos para maromba, ramais, entre outros, destacando que apenas um deles foi respondido. Também denotou preocupação em ver que as ruas não estão sendo entijoladas, mesmo havendo grande quantidade de tijolos armazenados no município.
3 ANTONIO CAMELO (PP)
Agradeceu a Deus por estar terminando o primeiro semestre com vida e por Deus ter cuidado dele. Felicitou cada um dos parlamentares por estarem juntos no decorrer da caminhada. No demais destacou estar aguardando chamada para ser operado na fundação e que se Deus quiser ficará bem. Finalizou dizendo que apesar de todos os problemas do Município, em Assis ainda se vive num pedacinho do céu, aonde exemplificou que em RB não se pode nem deixar a porta aberta, porque a criminalidade está horrível, as facções estão agindo fortemente. Então não está confiável, porque a qualquer hora pode acontecer uma tragédia.

4 ANTONIA CAVALCANTE (PCdoB)
Contou que esteve na Divisão, em reunião sobre a reserva extrativista Xico Mendes, se preocupa quando vem as leis que só prejudicam os produtores, então acha que tem que ter alternativas, uma vez que a reserva tem muitas exigências e poucas soluções. Falou sobre atendimento de saúde realizado pelo Doutor e Deputado Jenilson Leite, na igreja Madureira aonde foram feitas 80 ultrassonografias e 60eletrocardiogramas, que gerou economia de mais de 33 mil reais para o município. Reclamou sobre a Polícia Militar no tocante a estar presente em locais que não são necessários, enquanto aonde realmente há necessidade eles não vão. Relatou que fez visita no hospital, viu que está muito crítico porque tem dias que não tem médico, nem medicamentos, a sorte é que o exército fez parceria e cedeu alguns medicamentos. Disse que estão fazendo poucos exames, nisto acredita que as autoridades maiores têm que cuidar melhor da saúde, segurança e educação. Também falou sobre entrevista que fez na rádio, aonde expôs as reivindicações que os vereadores fazem, mas infelizmente não tem o poder de realizar. Finalizou informando que seu filho está com programa na rádio e que se os colegas vereadores quiserem dar entrevista, é só entrar em contato que ela intermediará.

5 CLÁUDIA GONÇALVES (PSD)
Falou de sua visita na reunião da Divisão, destacando que estava bem organizado, e que foram tratados temas muito importantes. Depois contou que  recebeu reclamações que tem 9 vereadores e que eles não fazem nada, inclusive ela e o Tchero porque vivem no Bela Vista e tem tiroteio direto. Nisto respondeu que já havia cobrado para o desembargador com relação aos problemas de segurança no município e que ele havia se comprometido em ajudar solicitando um Delegado para atuar e morar em Assis Brasil. No que acrescentou que Desembargador respondeu, que já encaminhou documento ao Secretário de Segurança do Estado, então está apenas aguardando respostas. Mudando de tema, relatou que Ramal da Bacia está muito esburacado, sem condições de trafegabilidade; que a ponte do Iracema, foi feita com muitas parcerias; que no Ramal Beija Flor foi feito um trabalho e amenizou a situação; que já foram arrumados o Castanhal, Jacarecica, entre outros; que o Vice Prefeito disse que terminando o Catianã, as máquinas entrarão para o Icuriã e depois para o Cumarú e Amélia.

6 GILDA ALMEIDA (PR)
Destacou que os Vereadores vão entrar de recesso do primeiro semestre de atividades, mas se sente preocupada com o colega Vereador, Antônio Camelo que passou por problemas de saúde durante os últimos tempos e que ainda está aguardando para fazer cirurgia, sendo que a espera está muito demorada, mas tem fé em Deus que tudo dará certo. Desejou a todos um bom recesso, que todos possam aproveitar para andar nos ramais, recolhendo demandas, dentre outras coisas. Falou também sobre a assinatura do contrato da empresa que vai fazer o asfaltamento da rua. Dentre outras coisas, referindo-se à problemática enfrentada na segurança pública do município, disse que faz tempo que tem problemas com a falta de Delegado em Assis Brasil; que Vereadores Piel e Antônio Marinho recentemente visitaram a Delegacia para averiguar as condições em que se encontra, e que a partir daí fizeram  um ofício, por meio da Mesa Diretora com a assinatura de todos os parlamentares,  solicitando que seja tomada iniciativa no sentido de melhorar as condições estruturais do local. No entanto, destacou que sabe que as autoridades não preocupados em mandar Delegado para Assis, pois apesar de ter acontecido aquela grande chacina, ninguém se manifestou. Destacou que enquanto não for feito mobilização com comissão de Vereadores para ir em RB cobrar olho no olho, falar das aflições que cada morador sente ao sair de casa, com medo de acontecer algo, nada será feito. Finalizou acrescentando que os Vereadores de Brasileia e Epitaciolândia são conhecidos dentro das repartições de segurança porque estão sempre lá cobrando os direitos da população.



VÍDEOS INTERESSANTES

Câmara Municipal De Assis Brasil - Acre
Rua Raimundo Chaar, 372, Centro - CEP. 69935.000